RELATÓRIOS

Relatório de ATIVIDADES - 2018

Janeiro:

- No dia 18, o professor Jeff King, do programa Alpha Zeta Partners da Ohio State University, estudantes americanos, o professor Ricardo Shirota e estudantes da ESALQ, voluntários brasileiros, voluntários da Mucapp, pintores voluntários, moradores do bairro e famílias beneficiadas se uniram, pelo 18º ano consecutivo, na pintura de seis casas da Viela Cananéia, no Bairro Tatuapé. Nestas casas, fornecemos o material para as construções e nosso parceiro Ricardo Caiuby de Faria coordenou os trabalhos desenvolvidos. 

- No dia 19 o jornal A Gazeta de Piracicaba publicou, com chamada na primeira página, a matéria “Ong entrega mais seis moradias”, sobre a entrega e pintura das casas (Caderno Cidade, página 6).

- No dia 19, enviamos aos mucappianos, através de e-mail e pelo Whatsapp, um informativo sobre a pintura e entrega das casas e sobre a matéria publicada na Gazeta. A mesma informação foi compartilhada também pelo Facebook.

 

Fevereiro:

- No dia 1º, enviamos à diretoria da Cutrale dois relatórios sobre a casa de Francine Tanan. O primeiro foi relativo à entrega, feita anteriormente à pintura, e o segundo com todas as melhorias, inclusive a pintura feita por voluntários. O trabalho foi muito elogiado pela Cutrale.

- No dia 05, enviamos por e-mail aos mucappianos o 44º Relatório da Cutrale, comunicando a entrega da casa de Jucileide de Jesus Ferreira.

- No dia 09, enviamos um boletim aos Mucappianos com o link de um vídeo criado pela voluntária Angela Borges, contando a história da construção da casa de Jucileide.

Março

- A Revista Trifatto nº 65, referente aos meses fevereiro e março, publicou em sua coluna Tri Flash uma foto de nossa presidente Ivani Neves, entre os “Corações Solidários - Mulheres que inspiram”, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. 

- Regina Monteiro Krogh, recém-chegada a Piracicaba e que sempre se dedicou a trabalhos voluntários, passou a integrar a equipe de voluntários da Mucapp, participando das reuniões do grupo de engenharia, às terças-feiras, e nos ajudando em nossas atividades. 

- No dia 15, na Gazeta de Piracicaba, foi publicado o artigo “Formiguinhas e leões”, de Ivani Neves, relatando a importância que o escritório de Gustavo Borges Arquitetura presta à Mucapp no suporte à área de engenharia, na pessoa de Angela Borges, voluntária que coordena as reuniões das terças-feiras. O texto teve ampla repercussão no Facebook. 

- No dia 16, através de e-mail enviado aos mucappianos, procurou-se avaliar o interesse dos associados no jantar comemorativo dos 25 anos da Mucapp, sendo que houve grande receptividade. 

- Temos recebido doações de materiais para construção de várias pessoas e contamos com a ajuda de Mirlene, que faz a intermediação, e de Ricardo Caiuby, que vai buscar os materiais com sua carreta.

 - No dia 19, recebemos a visita de Júlio, irmão de nossa associada Lucília Salomão, para conhecer a Mucapp e ser nosso colaborador quando estiver residindo em Piracicaba. 

- No dia 21, encaminhamos e-mail aos mucappianos com o artigo “Formiguinhas e leões”, escrito por Ivani Neves. 

- No dia 23, Sueme Ueno, aluna da ESALQ, visitou a Mucapp, com o intuito de estagiar conosco. 

- No dia 28, enviamos por Whatsapp aos mucappianos uma mensagem de Páscoa, com imagens da casa de Dona Maria, que será beneficiada pela Mucapp. Por e-mail foi encaminhado o artigo “Piscos de luz para todos”, de nossa presidente, publicado pela Gazeta de Piracicaba no caderno Opinião, no dia 27 de março.

Abril

- No dia 4, enviamos o 45º Relatório da Cutrale à Diretoria da empresa, referente à obra da beneficiada Gabriela Aparecida Ramos. Encaminhamos em particular um e-mail para a Família Cutrale, pedindo a colaboração para a confraternização de 25 anos e agradecendo todas as benesses recebidas. 

- O 45º Relatório da Cutrale foi também enviado por e-mail aos mucappianos, que, como sempre, nos retornam comentários que nos incentivam a prosseguir com nosso trabalho. 

- No dia 19, enviamos por Whatsapp a história da família de Gabriela, com fotos do sofá doado por Ricardo Caiuby, que o recolheu de um lixão e sua esposa consertou. Também pedimos doações de alguns móveis e solicitamos a adesão de voluntários para reforço escolar na Viela Cananéia. Obtivemos respostas positivas em ambos os pedidos.

Maio

- No dia 04, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Suicídios de jovens mobilizam pais e professores”, de Ivani Neves. Por ser um grande problema social, ao qual todos devemos estar atentos, o material também foi enviado, por e-mail, aos mucappianos. 

- No dia 5, Ivani e Evaristo Neves participaram do curso “Jardim Oriente na Transição”, realizado neste bairro. Ivani, dentre outros expositores, fez uma palestra contando a história das 29 casas construídas pela Mucapp no ano 2000. Ficaram surpresos com a participação dos moradores na solução dos problemas da comunidade e com a quantidade de serviços oferecidos aos mesmos. 

- No dia 7, foi realizada a Assembleia Ordinária da Mucapp, onde foram apresentados o Relatório de Atividades e o Balancete de 2017. Também foram discutidos assuntos relativos ao cotidiano da Mucapp.

 - No dia 7, foi enviado aos mucappianos, por e-mail, o Relatório de Atividades 2017, contendo as principais ações desenvolvidas pela Mucapp ao longo deste ano. 

- No dia 14, Henrique Suzuki, aluno ingressante do curso de Administração da Esalq, passou a fazer parte de nosso quadro de voluntários.

 - No dia 17, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Está mais do que na hora de romper o silêncio”, de Ivani Fava Neves. Este artigo foi também compartilhado no Facebook.

- No dia 19, visitamos oito casas na Rua Cananéia, Viela 1, no Jardim Monte Líbano. Contamos com a presença dos professores Martin Marshall e Allan Gray e de 26 alunos de pós-graduação da Universidade de Purdue - MS/MBA 2016 COHORT, além dos voluntários: Suzuki, Renan, Sueme, do pedreiro Adilson, moradores e outros voluntários da Mucapp, coordenados pela vice-presidente Maria Olinda. Nesta data deveríamos realizar a pintura dessas casas, mas infelizmente, devido à chuva pesada, os voluntários americanos apenas conheceram o bairro e almoçaram com a comunidade.

- No dia 27, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Proclamando Independência”, de Ivani Neves, que descreve a significativa atuação de nosso grupo de engenharia.

- No dia 28, Sérgio Domenico postou no Facebook um vídeo que conta a história da beneficiada Dona Maria Benedita de Oliveira, feito durante a pintura de sua casa, por voluntários da Mucapp e da Viela Cananeia.

Junho:

- No dia 04, enviamos um boletim aos mucappianos com o 46º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Dona Maria Benedita de Oliveira.

- Iniciamos os preparativos para a festa de nosso Jubileu. Para locação do local do evento fechamos contrato com o Lar dos Velhinhos, através de uma doação de R$ 1.500,00 de Augusto Tulmann Neto. 

- Foram feitos 600 convites para o coquetel comemorativo aos 25 anos da Mucapp, com layout executado por Giovanni Meirelles de Faria, filho de Ricardo Caiuby de Faria. Os mesmos foram impressos na Gráfica Benjamin. 

- Conseguimos uma doação de R$ 1.700,00 para pagamento de parte da locação das mesas, louças, talheres, toalhas e outros itens alugados na empresa Friso de Ouro.

Julho

- No dia 07, começamos a venda dos convites para a festa de 25 anos da Mucapp, no valor de R$ 110,00. 

- No dia 09, enviamos um Boletim Informativo aos mucappianos, através de e-mail e Whatsapp, informando sobre o início da venda dos convites para a comemoração de nosso Jubileu. 

- No dia 22, nossa presidente Ivani proferiu uma palestra para alunos dos cursos de pós-graduação da ESALQ-USP. O convite foi feito pelo Pecege - Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas, com o intuito de apresentar o projeto da Mucapp e inspirar os presentes a criar outras iniciativas como esta. 

- Nossa voluntária Sueme Ueno terminou seu trabalho conosco, pois se casou e mudou-se para os Estados Unidos. Uma grande perda para a Mucapp, já que sua contribuição foi muito valiosa. 

- No dia 24, Cristina Amalfi Clementi se engajou na equipe de engenharia da MUCAPP, participando das reuniões dos engenheiros às terças-feiras. 

- No dia 26, uma nova voluntária, Taiane Gomes Melo, iniciou suas atividades junto à MUCAPP.

Agosto

- No dia 02, recebemos a visita de Bia Valle, participante do Projeto Mãos à Obra, que reúne grupo de voluntários que promovem reformas de casas de famílias carentes em Planaltina de Goiás, no entorno de Brasília. Durante a visita, em companhia de Maria Olinda, ela percorreu algumas casas construídas pela MUCAPP e esteve em nossa sede para conhecer o funcionamento da ONG. A Presidente da Mucapp explicou os desafios enfrentados e os resultados obtidos nos 25 anos de nosso trabalho. Segundo a visitante, o que ela viu foi “uma trajetória de êxitos e de muita alegria em fazer o bem”. 

- No dia 02, enviamos um boletim aos mucappianos com o 47º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Tatiane Roberta Gonçalves. Neste e-mail, novamente convidamos os mucappianos para participarem do coquetel em comemoração aos 25 anos da ONG. 

- No dia 05, enviamos por correio, aos 25 mucappianos que não possuem e-mail, um boletim informativo sobre o nosso Jubileu. 

- A nova voluntária, Taiane, com a ajuda de seu tio, pintou a casa de Perpétua do Socorro. Ficamos impressionados com nossos voluntários, que estão assumindo com muita garra suas tarefas. 

- No dia 29, a coluna Arraso Acontece, de Paulina D’Abronzo, no Jornal de Piracicaba, publicou o bate-papo com nossa presidente Ivani Neves, abordando seu trabalho na Mucapp.

 

Setembro

- No dia 11, na coluna Perfil, da Gazeta de Piracicaba, Sabrina Scarpare publicou foto de nossa presidente, com reportagem sobre a comemoração dos 25 anos da Mucapp. 

- No dia 15, Eliane Sturion assumiu a coordenação do evento comemorativo do nosso Jubileu, contribuindo sobremaneira para o alívio de nosso trabalho. 

- No dia 18, passamos a contar com uma nova voluntária, Isabella Leme Tonioli Gama, que vai nos auxiliar em nossas obras. Ela se engajou fortemente nos preparativos do coquetel de 25 anos da ONG. 

- No dia 20, Daniela Amarante Jank concluiu o site da Mucapp. Fez um excelente trabalho com as edições e configurações de todas as áreas. 

- No dia 24, enviamos por e-mail um boletim aos mucappianos, renovando o convite para participarem do coquetel comemorativo dos 25 anos. 

- No dia 25, enviamos também por Whatsapp um lembrete sobre a venda de convites para o Coquetel de 25 anos. 

- No dia 27, Sabrina Scarpare publicou na coluna Perfil da Gazeta de Piracicaba, uma nota sobre o coquetel comemorativo dos 25 anos. 

- No dia 28, no Lar dos Velhinhos, foi realizado o Coquetel Comemorativo aos 25 anos de nossa ONG, com a presença de aproximadamente 500 pessoas e renda de R$ 65.825,00, relativa a quase 700 convites, entre eles os que foram doados e revendidos. Esse resultado propiciou a construção de mais três casas. A festa foi feita com carinho e extremo bom gosto. Eliane coordenou o evento; Lucília decorou; Rosa e Regina fizeram o bolo; Julieta doou os torrones e Maria Luisa as balas; o PECEGE ofereceu os bombons, que Mirlene embrulhou com requinte; Isabella e Mirlene ajudaram em tudo, em tempo recorde. A floricultura emprestou os vasos; Leandro fez o vídeo com nossa história, que o Suzuki operou. Pedrinho tocou e Lígia cantou. Serginho apresentou um coquetel dos deuses, que Evaristo Neves, marido de nossa presidente, pagou! Leidiliz serviu o café; Karin serviu cerveja artesanal e Poliana vinhos das melhores uvas! Manu fotografou tudo! E tantos outros voluntários participaram, planejando, projetando, construindo, controlando, arquivando e processando esse evento, que foi um enorme sucesso.

 

Outubro:

- No dia 03 de outubro, a Gazeta de Piracicaba publicou na coluna Perfil, de Sabrina Scarpare, uma reportagem sobre o brilhantismo de nosso coquetel de 25 anos da Mucapp. 

- No dia 04, compartilhamos a reportagem com nossos associados, pelo Facebook e Whatsapp. 

- No dia 05, nossa presidente Ivani Neves fez uma palestra sobre a Mucapp para 25 corretores de imóveis da Remax Ativa, a convite de sua diretora Vera Gonçalves. Uma porcentagem sobre cada imóvel vendido por esta empresa será repassada para a Mucapp, o que reafirma o reconhecimento pelo nosso trabalho. 

- No dia 07, a coluna Arraso do Jornal de Piracicaba, de Paulina D’Abronzo, também publicou reportagem sobre o sucesso do coquetel comemorativo ao Jubileu da Mucapp. 

- No dia 07, enviamos um boletim aos mucappianos, informando sobre o sucesso do coquetel. Incluímos também uma carta emocionante recebida de uma mucappiana, sobrinha de nossa presidente, relatando suas lembranças de todos os passos da ONG desde sua fundação. 

- No dia 08, compartilhamos, através do Facebook e do Whatsapp, a reportagem do Jornal de Piracicaba sobre o evento em comemoração aos 25 anos da Mucapp. 

- No dia 17, enviamos aos mucappianos, por e-mail, Whatsapp e Facebook, o 48º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Natália Caroline Estevan. A repercussão foi bastante positiva. 

- No dia 23, com o objetivo de homenagear empresas colaboradoras da Mucapp, enviamos aos mucappianos um boletim de agradecimento à Clínica Camila Caitano, à Fábrica de Balas Riclan AS e à Fábrica de Doces Martini. Pretendemos esporadicamente homenagear outros colaboradores. 

- No coquetel de 25 anos, a Fábrica de Doces Martini e a Fábrica de Balas Riclan ofereceram quitutes para a mesa do café. Os que sobraram foram distribuídos no Dia das Crianças na Viela Cananéia, Tatuapé. 

- No dia 30, a Gazeta de Piracicaba publicou na Seção Do Leitor o artigo “E agora, Jair Messias?”, de Ivani Neves, sendo também enviado aos mucappianos por e-mail, Whatsapp e Facebook.

Novembro

- No dia 9, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Pare com isso, gente”, de nossa presidente Ivani Neves. O artigo foi enviado aos mucappianos pelo Whatsapp e também publicado no Facebook. 

- No dia 22, enviamos aos mucappianos, pelo Whatsapp e Facebook, imagens dos barracos de duas famílias moradoras no Bairro Monte Líbano, que foram indicados por Ricardo Caiuby para serem reconstruídos. Seu filho, o arquiteto Giovani, se encarregou da elaboração das plantas dessas casas. 

- No dia 23, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “O legado de violência dos super heróis”, de Ivani Neves. O artigo foi enviado aos mucappianos pelo Whatsapp e também publicado no Facebook.

 

Dezembro

- No dia 03, enviamos aos mucappianos, por e-mail, Whatsapp e Facebook, o 49º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Mírian Aparecida de Oliveira Souza Gonçalves. 

- No dia 15, por e-mail, Facebook e Whatsapp, divulgamos a festa promovida pela Mucapp, Associação dos Moradores da Cananéia / Bairro Monte Líbano e voluntários, celebrando o Natal! A ênfase foi JESUS CRISTO! Parabéns aos dedicados voluntários. Cumprimentamos Ricardo Caiuby de Faria pelo excelente trabalho de agregação e engajamento nesta comunidade.

- No dia 23, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Sementes que germinam”, da nossa presidente Ivani Neves, que também foi postado no Facebook e enviado por e-mail aos mucappianos. Emocionante texto que relata histórias de famílias atendidas pela Mucapp há muito tempo e que agora colhem os frutos de uma vida melhor.

Relatório de ATIVIDADES - 2018

Janeiro:

 

 

 

 

 

 

 

 No dia 19, visitamos oito casas na Rua Cananéia, Viela 1, no Jardim Monte Líbano. Contamos com a presença dos professores Martin Marshall e Allan Gray e de 26 alunos de pós-graduação da Universidade de Purdue - MS/MBA 2016 COHORT, além dos voluntários: Suzuki, Renan, Sueme, do pedreiro Adilson, moradores e outros voluntários da Mucapp, coordenados pela vice-presidente Maria Olinda. Nesta data deveríamos realizar a pintura dessas casas, mas infelizmente, devido à chuva pesada, os voluntários americanos apenas conheceram o bairro e almoçaram com a comunidade.

- No dia 27, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Proclamando Independência”, de Ivani Neves, que descreve a significativa atuação de nosso grupo de engenharia.

- No dia 28, Sérgio Domenico postou no Facebook um vídeo que conta a história da beneficiada Dona Maria Benedita de Oliveira, feito durante a pintura de sua casa, por voluntários da Mucapp e da Viela Cananeia.

Junho:

- No dia 04, enviamos um boletim aos mucappianos com o 46º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Dona Maria Benedita de Oliveira.

- Iniciamos os preparativos para a festa de nosso Jubileu. Para locação do local do evento fechamos contrato com o Lar dos Velhinhos, através de uma doação de R$ 1.500,00 de Augusto Tulmann Neto. 

- Foram feitos 600 convites para o coquetel comemorativo aos 25 anos da Mucapp, com layout executado por Giovanni Meirelles de Faria, filho de Ricardo Caiuby de Faria. Os mesmos foram impressos na Gráfica Benjamin. 

- Conseguimos uma doação de R$ 1.700,00 para pagamento de parte da locação das mesas, louças, talheres, toalhas e outros itens alugados na empresa Friso de Ouro.

Julho

- No dia 07, começamos a venda dos convites para a festa de 25 anos da Mucapp, no valor de R$ 110,00. 

- No dia 09, enviamos um Boletim Informativo aos mucappianos, através de e-mail e Whatsapp, informando sobre o início da venda dos convites para a comemoração de nosso Jubileu. 

- No dia 22, nossa presidente Ivani proferiu uma palestra para alunos dos cursos de pós-graduação da ESALQ-USP. O convite foi feito pelo Pecege - Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas, com o intuito de apresentar o projeto da Mucapp e inspirar os presentes a criar outras iniciativas como esta. 

- Nossa voluntária Sueme Ueno terminou seu trabalho conosco, pois se casou e mudou-se para os Estados Unidos. Uma grande perda para a Mucapp, já que sua contribuição foi muito valiosa. 

- No dia 24, Cristina Amalfi Clementi se engajou na equipe de engenharia da MUCAPP, participando das reuniões dos engenheiros às terças-feiras. 

- No dia 26, uma nova voluntária, Taiane Gomes Melo, iniciou suas atividades junto à MUCAPP.

Agosto

- No dia 02, recebemos a visita de Bia Valle, participante do Projeto Mãos à Obra, que reúne grupo de voluntários que promovem reformas de casas de famílias carentes em Planaltina de Goiás, no entorno de Brasília. Durante a visita, em companhia de Maria Olinda, ela percorreu algumas casas construídas pela MUCAPP e esteve em nossa sede para conhecer o funcionamento da ONG. A Presidente da Mucapp explicou os desafios enfrentados e os resultados obtidos nos 25 anos de nosso trabalho. Segundo a visitante, o que ela viu foi “uma trajetória de êxitos e de muita alegria em fazer o bem”. 

- No dia 02, enviamos um boletim aos mucappianos com o 47º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Tatiane Roberta Gonçalves. Neste e-mail, novamente convidamos os mucappianos para participarem do coquetel em comemoração aos 25 anos da ONG. 

- No dia 05, enviamos por correio, aos 25 mucappianos que não possuem e-mail, um boletim informativo sobre o nosso Jubileu. 

- A nova voluntária, Taiane, com a ajuda de seu tio, pintou a casa de Perpétua do Socorro. Ficamos impressionados com nossos voluntários, que estão assumindo com muita garra suas tarefas. 

- No dia 29, a coluna Arraso Acontece, de Paulina D’Abronzo, no Jornal de Piracicaba, publicou o bate-papo com nossa presidente Ivani Neves, abordando seu trabalho na Mucapp.

 

Setembro

- No dia 11, na coluna Perfil, da Gazeta de Piracicaba, Sabrina Scarpare publicou foto de nossa presidente, com reportagem sobre a comemoração dos 25 anos da Mucapp. 

- No dia 15, Eliane Sturion assumiu a coordenação do evento comemorativo do nosso Jubileu, contribuindo sobremaneira para o alívio de nosso trabalho. 

- No dia 18, passamos a contar com uma nova voluntária, Isabella Leme Tonioli Gama, que vai nos auxiliar em nossas obras. Ela se engajou fortemente nos preparativos do coquetel de 25 anos da ONG. 

- No dia 20, Daniela Amarante Jank concluiu o site da Mucapp. Fez um excelente trabalho com as edições e configurações de todas as áreas. 

- No dia 24, enviamos por e-mail um boletim aos mucappianos, renovando o convite para participarem do coquetel comemorativo dos 25 anos. 

- No dia 25, enviamos também por Whatsapp um lembrete sobre a venda de convites para o Coquetel de 25 anos. 

- No dia 27, Sabrina Scarpare publicou na coluna Perfil da Gazeta de Piracicaba, uma nota sobre o coquetel comemorativo dos 25 anos. 

- No dia 28, no Lar dos Velhinhos, foi realizado o Coquetel Comemorativo aos 25 anos de nossa ONG, com a presença de aproximadamente 500 pessoas e renda de R$ 65.825,00, relativa a quase 700 convites, entre eles os que foram doados e revendidos. Esse resultado propiciou a construção de mais três casas. A festa foi feita com carinho e extremo bom gosto. Eliane coordenou o evento; Lucília decorou; Rosa e Regina fizeram o bolo; Julieta doou os torrones e Maria Luisa as balas; o PECEGE ofereceu os bombons, que Mirlene embrulhou com requinte; Isabella e Mirlene ajudaram em tudo, em tempo recorde. A floricultura emprestou os vasos; Leandro fez o vídeo com nossa história, que o Suzuki operou. Pedrinho tocou e Lígia cantou. Serginho apresentou um coquetel dos deuses, que Evaristo Neves, marido de nossa presidente, pagou! Leidiliz serviu o café; Karin serviu cerveja artesanal e Poliana vinhos das melhores uvas! Manu fotografou tudo! E tantos outros voluntários participaram, planejando, projetando, construindo, controlando, arquivando e processando esse evento, que foi um enorme sucesso.

 

Outubro:

- No dia 03 de outubro, a Gazeta de Piracicaba publicou na coluna Perfil, de Sabrina Scarpare, uma reportagem sobre o brilhantismo de nosso coquetel de 25 anos da Mucapp. 

- No dia 04, compartilhamos a reportagem com nossos associados, pelo Facebook e Whatsapp. 

- No dia 05, nossa presidente Ivani Neves fez uma palestra sobre a Mucapp para 25 corretores de imóveis da Remax Ativa, a convite de sua diretora Vera Gonçalves. Uma porcentagem sobre cada imóvel vendido por esta empresa será repassada para a Mucapp, o que reafirma o reconhecimento pelo nosso trabalho. 

- No dia 07, a coluna Arraso do Jornal de Piracicaba, de Paulina D’Abronzo, também publicou reportagem sobre o sucesso do coquetel comemorativo ao Jubileu da Mucapp. 

- No dia 07, enviamos um boletim aos mucappianos, informando sobre o sucesso do coquetel. Incluímos também uma carta emocionante recebida de uma mucappiana, sobrinha de nossa presidente, relatando suas lembranças de todos os passos da ONG desde sua fundação. 

- No dia 08, compartilhamos, através do Facebook e do Whatsapp, a reportagem do Jornal de Piracicaba sobre o evento em comemoração aos 25 anos da Mucapp. 

- No dia 17, enviamos aos mucappianos, por e-mail, Whatsapp e Facebook, o 48º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Natália Caroline Estevan. A repercussão foi bastante positiva. 

- No dia 23, com o objetivo de homenagear empresas colaboradoras da Mucapp, enviamos aos mucappianos um boletim de agradecimento à Clínica Camila Caitano, à Fábrica de Balas Riclan AS e à Fábrica de Doces Martini. Pretendemos esporadicamente homenagear outros colaboradores. 

- No coquetel de 25 anos, a Fábrica de Doces Martini e a Fábrica de Balas Riclan ofereceram quitutes para a mesa do café. Os que sobraram foram distribuídos no Dia das Crianças na Viela Cananéia, Tatuapé. 

- No dia 30, a Gazeta de Piracicaba publicou na Seção Do Leitor o artigo “E agora, Jair Messias?”, de Ivani Neves, sendo também enviado aos mucappianos por e-mail, Whatsapp e Facebook.

Novembro

- No dia 9, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Pare com isso, gente”, de nossa presidente Ivani Neves. O artigo foi enviado aos mucappianos pelo Whatsapp e também publicado no Facebook. 

- No dia 22, enviamos aos mucappianos, pelo Whatsapp e Facebook, imagens dos barracos de duas famílias moradoras no Bairro Monte Líbano, que foram indicados por Ricardo Caiuby para serem reconstruídos. Seu filho, o arquiteto Giovani, se encarregou da elaboração das plantas dessas casas. 

- No dia 23, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “O legado de violência dos super heróis”, de Ivani Neves. O artigo foi enviado aos mucappianos pelo Whatsapp e também publicado no Facebook.

 

Dezembro

- No dia 03, enviamos aos mucappianos, por e-mail, Whatsapp e Facebook, o 49º Relatório da Cutrale, sobre a obra realizada na casa de Mírian Aparecida de Oliveira Souza Gonçalves. 

- No dia 15, por e-mail, Facebook e Whatsapp, divulgamos a festa promovida pela Mucapp, Associação dos Moradores da Cananéia / Bairro Monte Líbano e voluntários, celebrando o Natal! A ênfase foi JESUS CRISTO! Parabéns aos dedicados voluntários. Cumprimentamos Ricardo Caiuby de Faria pelo excelente trabalho de agregação e engajamento nesta comunidade.

- No dia 23, a Gazeta de Piracicaba publicou o artigo “Sementes que germinam”, da nossa presidente Ivani Neves, que também foi postado no Facebook e enviado por e-mail aos mucappianos. Emocionante texto que relata histórias de famílias atendidas pela Mucapp há muito tempo e que agora colhem os frutos de uma vida melhor.

CASAS em ANDAMENTO - 2018

CASAS CONCLUÍDAS

 

01 – Pequenas Obras – Contrato 389 / Início: julho/2017

Gastos: R$ 10.327,85 até dezembro/2017

Gastos: R$ 22.081,94 de janeiro a julho/2018

TOTAL: R$ 32.409,79

 

CONTRATOS AGUARDANDO O INÍCIO DA OBRA

 

Daiane Mariano de Campos Sabino – Contrato 470

Cecília Galvão de Souza – Contrato 476

Michele C. Nascimento Moraes – Contrato 478

Jenifer Fernanda Nascimento – Contrato 479

Adélia Correa – Contrato 480

Luis Henrique Alves André – Contrato 481

Silmara Salve – Contrato 483

Alessandra Correa dos Santos – Contrato 485

Relatório Cutrale - Quinquagésima - 50a. !!

Associação Pró-Mutirão da Casa Popular de Piracicaba

Proprietária: Aliana de Almeida Vigano

Rua Cananeia, 15 – Viela 4 – Monte Líbano

Aliana vive com quatro filhos e o atual marido. Ela não tem a clavícula em virtude de um acidente provocado pelo ex-marido. Trabalha com reciclagem e conta com a ajuda dos filhos para manter a família. Ricardo Caiuby de Faria, nosso voluntário, está fazendo um trabalho para desenvolver a comunidade onde Aliana reside, e ela foi eleita presidente da Associação dos Moradores do Cananeia e se voluntariou para receber as mensalidades dos beneficiados que moram no local.

 

Seis pessoas dividiam o espaço de um quarto e cozinha.

Em cima da laje já existente construímos três quartos e um banheiro.

O Prof. Jeff King (Ohio State University), Prof. Ricardo Shirota (ESALQ), alunos americanos, moradores e voluntários da ESALQ e da Mucapp fizeram um mutirão para pintar duas casas no Cananeia.

Flávia, Ivani e Aliana compartilharam a alegria da casa pronta (ver fotos- disponíveis em Construindo Vidas).

Relatório Cutrale - Quadragésima Oitava Casa - 48a.

Associação Pró-Mutirão da Casa Popular de Piracicaba

Proprietária: Natália Caroline Estevan

Rua Angelo Franciscato, 105 – Bairro Monte Feliz – Água Branca

Queridos Mucappianos,

 

Mais uma alegria apresentar para vocês a 48ª casa construída com a ajuda da Cutrale.

Vamos torcer para que as colheitas das laranjas sejam cada vez mais profícuas e para que este grande parceiro possa continuar nos ajudando.

Em nome de tantas famílias já beneficiadas, nosso muito obrigado.

  

É viúva, tem dois filhos e são muito religiosos. Sofreu acidente de moto, quando o marido veio a falecer. Foi indicada pelo Dr. Gilberto Petan, que nos contou que foi um milagre ela sobreviver, pois passou 21 dias em coma. Ela ficou cega de um olho, com problemas no pulmão e recebe pensão. Comprou o terreno junto com a sogra para sair do aluguel. Está muito feliz com a nova casa.

 “Alegria imensa. O que achava impossível, graças à Mucapp nós conseguimos. Só Deus para retribuir, a casa ficou maravilhosa. Para mim, ela foi a tábua de salvação neste período tão sofrido da minha vida.”   

 

Moravam em 8 pessoas, em 4 cômodos. Construímos esta bela casa, com um bom acabamento, pois estão ajudando a pagar com suas economias. 

Relatório Cutrale - Quadragésima Sétima Casa - 47a.

Associação Pró-Mutirão da Casa Popular de Piracicaba

Proprietária: Marisete Ribeiro Vieira
Rua Eduardo da Costa Sampaio, 274 – Santa Terezinha – 9616-9720


Um pouco da história...

Marisete mora no local há cinco anos, com o marido e dois filhos adolescentes (11 e 14). Segundo a mãe, os meninos são muito bonzinhos e ótimos alunos. Ela é diarista e ele trabalha na Cerâmica LEF. A casa estava erguida, já com a laje. Fizemos mais um quarto, um abrigo, os muros, reboco e o telhado. Indicação do mucappiano Augusto Gameiro, que também ajudou financeiramente. A obra foi feita pelo cunhado. 

Marisete nos confidenciou que “sem a Mucapp não daria para construir uma casa acabadinha, nesses tempos tão difíceis, tendo que pagar curso de informática e às vezes uma pessoa para cuidar dos filhos para poder trabalhar”.

Por sugestão da arquiteta Daniela Jank, associada da Mucapp, resolvemos investir também no quesito aparência. Uma casa bonita pode motivar os vizinhos a valorizarem a estética, fator importante para gerar bem-estar e autoestima aos moradores. 

Pretendemos estimular também a arborização e a jardinagem, conscientizando sobre a importância de cultivar o verde. Estamos em contato com alunos do Curso de Gestão Ambiental da ESALQ, para estabelecermos uma parceria.


                                      

Relatório Cutrale - Quadragésima Sexta Casa - 46a.

Associação Pró-Mutirão da Casa Popular de Piracicaba

Proprietária: Maria Benedita de Oliveira

Rua Cananéia, nº 45 – Viela 1 – Monte Líbano

Dona Maria, 64 anos, residia com o marido e o filho em um cômodo sem telhado e bastante úmido, com banheiro externo, em local de difícil acesso. Vivem com o salário mínimo. Na pequena área,  de pouco mais de 20 m2,,que serve de cozinha, quarto e sala, conseguimos construir um banheiro interno.   Fizemos um muro e uma escada lateral, para acesso à casa, que foi pintada em mutirão. Ganhamos uma cômoda para guardar seus pertences, um fogão, uma TV, cama e colchão. Também pintamos sua geladeira. Deixamos a casa “um brinco”. Infelizmente seu marido faleceu antes de ver a casa pronta e linda.

Esta obra foi supervisionada pelo mucappiano Ricardo Caiuby, que desenvolve um árduo trabalho junto à comunidade, que conta com uma associação de bairro e um brechó que arrecada fundos para resolver os problemas dos moradores.

 

O banheiro ficava fora da casa, em um terreno muito íngreme, dificultando o acesso do marido, que era cadeirante. Conseguimos a doação de vários móveis para a casa nova, que deixou Dona Maria “muda de alegria”.                              

Relatório Cutrale -  Quadragésima Quinta Casa - 45a.

Associação Pró-Mutirão da Casa Popular de Piracicaba

Proprietária: Gabriela Aparecida Ramos
Rua Cananéia, 99 - Viela 1 - Monte Líbano

 

 

Gabriela tem um filho de 5 anos. É cuidadora de uma criança e seu marido é pedreiro.

Morava em um barraco com muita umidade. Construíram 4 cômodos muito precários. A Mucapp substituiu o telhado, reforçou as paredes, instalou esgoto, colocou louças e piso, além de outras melhorias. Mão de obra realizada por voluntários coordenados por Ricardo Caiuby.

Gastos: R$ 11.214,00.

Segundo depoimento de um coordenador do bairro,"foi impressionante  a mudança comportamental do casal após a casa nova"!                         

CASAS CONCLUÍDAS - 2017

03 – José Alberto de Faria Gonçalves / Luciane– Contrato 436

Início da Obra: Julho de 2016

Término: Novembro de 2017

Rua das Canjaranas, nº 70, Bosque dos Lenheiros

- Ele mora no local há um ano e ela há vinte. José é pedreiro (R$ 2.000,00) e Luciane está desempregada, mas recebe pensão do ex marido (R$ 200,00). Construímos uma casa no fundo do lote para sua filha casada Stefani (uma filha). Valdinei, marido de Stefani, trabalha em uma auto peças (R$ 1.560,00). Construímos 35 m²: dois cômodos e um banheiro: Mão de obra da família. Obra orçada em R$ 25.000,00. Gastos: R$ 23.736,12.

 

04 – Ana Maria da Costa Coelho – Contrato 438

Início da Obra: Setembro de 2016

Término: Abril de 2017

Rua Senador Saraiva, Viela 1, nº 199, Jardim dos Eucaliptos, Favela Pantanal

- Mora no bairro há vinte anos. Tem um filho deficiente físico (meningite), que ganha uma pensão de R$ 880,00. É mensalista há cinco anos (R$ 1.500,00) e faz faxina aos sábados. Morava em dois cômodos muito precários, cedidos por um conhecido. Adquiriu um lote na favela há três anos, por R$ 500,00, onde construiu uma casa de 35m2 com dois quartos, sala, cozinha e banheiro até o respaldo, com muito sacrifício. Finalizamos a obra, que foi pintada por voluntários brasileiros. Mão de obra paga pela Ana Maria com ajuda da Mucapp. Supervisão: Fernanda Bernardino. Obra orçada em R$ 15.000,00. Gastos: R$ 14.674,08.

 

05 – Amenaide de Jesus Souza Cardoso – Contrato 440

Início da Obra: Setembro de 2016

Término: Janeiro de 2017

Rua 03, nº 275, Bairro Minas Nova

- Mora no local há 18 anos. Viúva, recebe pensão (R$ 900,00). Já construímos para ela no passado, e agora ampliamos 30 m² em cima da garagem, que serão utilizados como quintal e lavanderia. Como ela quitou a obra anterior, resolvemos ajudar nessa ampliação, que será ressarcida por ela. Mão de obra paga pela beneficiada. Supervisão: Rodrigo. Obra orçada em R$ 10.000,00. Gastos: R$ 9.093,18.

 

 

CASAS INICIADAS E CONCLUÍDAS EM 2017

 

01 – Francine Rodrigues Tanan / Wesley – Contrato 443

Início da Obra: Janeiro de 2017

Término: Dezembro de 2017

Rua Cananéia, 100, Viela 01, Monte Líbano

- Moram no bairro há 25 anos. Têm uma filha de dois anos. Moraram com a mãe dela por nove anos, depois em casa alugada (R$ 450,00). Ela trabalha meio período como faxineira em um supermercado (R$ 700,00), pois tem que ficar um período com a filha. Ele é pintor autônomo (R$ 1.000,00). No terreno doado pela sogra, construíram quatro cômodos e um banheiro, até o respaldo. Não tinham condições de concluir a obra e Ricardo Caiuby conseguiu a mão de obra de dois pedreiros. Supervisão: Paulo. Obra orçada em R$ 18.000,00. Gastos: R$ 16.250,80

 

02 – Tawanne Marques dos Santos / José Carlos – Contrato 445

Início da Obra: Janeiro de 2017

Término: Outubro de 2017

Rua Bucareste, 14, Jardim Taiguara, Santa Terezinha

- Moram no local há um ano e têm duas filhas, de oito e dois anos. Moravam com um tio, no porão da casa de outro tio, que mora nos fundos de um cômodo apertado, onde estão instaladas o quarto, cozinha e sala. Ela cuida dos dois parentes, que já têm muita idade e está desempregada. O marido trabalha em uma montadora (R$ 2.500,00). Concluímos quatro cômodos e banheiro. Mão de obra foi paga pela família. Supervisão da obra: Mirlene. Obra orçada em R$ 25.000,00. Gastos: R$ 24.889,47

 

03 – Tatiane Roberta Gonçalves – Contrato 446

Início da Obra: Fevereiro de 2017

Término: Outubro de 2017

Rua Campos do Jordão, 86, Três Marias, Vila Sônia

- Mora no local há um ano, em um barraco de 15 m². Tem cinco filhos, sendo que três, adolescentes, não moram com ela por falta de espaço. Construímos 50 m² em dois pisos: dois quartos, cozinha, banheiro e lavanderia. Ela fugiu com as crianças da cidade de São Paulo, onde residia com o companheiro que ameaçava a família. Ela ganhou medida protetiva e veio para Piracicaba, onde sua mãe cedeu um pedacinho de seu lote. Recebe bolsa família (R$ 422,00) e faz faxina. Mão de obra do Micro Empreendedor Individual Márcio Souza, paga pela Mucapp. Supervisão da obra: Mirlene. Obra orçada em R$ 25.000,00. Gastos: R$ 25.027,47.

 

04 – Cícera Teodoro da Silva – Contrato 447

Início da Obra: Janeiro de 2017

Término: Agosto de 2017

Rua Salvador Peixe, 210, Jardim Gilda

- Moram no local há 20 anos. Tem cinco filhos, uma neta e nora. Três dos filhos não moram com ela. Ela trabalhava dois dias por semana (R$ 1.200,00 mensais). Precisou deixar o trabalho, pois um filho sofreu acidente e ficou tetraplégico. Construímos dois cômodos no fundo da casa, com banheiro adaptado. Para um outro filho, nora e neta, foram feitos mais 2 cômodos em cima da garagem, com mutirão dos parentes. Parte da mão de obra paga pela Mucapp. Supervisão da obra: Mirlene. Obra orçada em R$ 30.000,00. Gastos: R$ 25.505,44

 

05 – Mirian Aparecida de Oliveira Souza Gonçalves / Cícero – Contrato 448

Início da Obra: Fevereiro de 2017

Término: Setembro de 2017

Rua Felinto de Brito, 166, Jardim São Paulo

- Moram no local há três anos. Têm três filhas, de 14, 9 e 2 anos, sendo a última especial. Como não tinha piso, as filhas mais velhas dormiam no chão e ficavam sempre doentes. Foram morar com a avó e depois que a casa ficou pronta, voltaram com a família. Ela é do lar e ele trabalha em um depósito de bebidas (R$ 1.200,00), vale refeição (R$ 400,00) e bolsa família (R$ 156,00). O irmão dela cedeu uma casa inacabada e conseguiram colocar a laje. A Mucapp ajudou no telhado, piso, reboco, terminou o banheiro, trocou esquadrias e outros acabamentos.  Mão de obra do Micro Empreendedor Individual José Faria, paga pela Mucapp. Supervisão: Fernanda Bernardino. Obra orçada em R$ 15.000,00. Gastos: R$ 12.268,68.

 

06 – Thais Roberta Gonçalves de Matos – Contrato 449 (foi substituído de Shirley Graziela Gonçalves para Thais)

Início da Obra: Maio de 2017

Término: Dezembro de 2017

Rua Campos do Jordão, 86, Três Marias

- Mora no local há um ano e tem quatro filhas de dois casamentos, com 14, 11, 8 e 2 anos. Ela sustenta todas sem ajuda dos pais, o que motivou o Conselho Tutelar a levar as crianças para um abrigo, até que ela conseguisse ter condições melhores de vida. Ajudamos a melhorar sua casa, que era muito precária. Thaís recebeu as filhas de volta e hoje faz bicos de faxina e recebe bolsa família. Mão de obra paga pela Mucapp para o Micro Empreendedor Individual Márcio Souza. Supervisão da obra: Mirlene. Obra orçada em R$ 25.000,00. Gastos: R$ 22.127,81.

 

07 – Greice Milene Cardoso de Almeida / Edcarlos – Contrato 451

Início da Obra: Março de 2017

Término: Junho de 2017

Rua Itapetininga, 93, Tatuapé I

- Moram no local há dois anos. Ela tem três filhos, de 10, 5 anos, e um bebê. Ele tem quatro filhos de casamentos anteriores e paga pensão para dois menores. Ela, do lar, ele pintor (R$ 1.500,000) e bolsa família (R$ 120,00). Moravam em três cômodos de um porão, em uma casa herdada por ela. Construímos uma cozinha fora para liberar um quarto e trocamos o piso do quintal, por causa da umidade. Mão de obra paga pela Mucapp, pedreiro Everaldo. Supervisão: Maria Olinda. Obra orçada em R$ 10.000,00. Gastos: R$ 5.947,76

 

08 – Maria Aparecida Santos de Souza – Contrato 453

Início da Obra: Maio de 2017

Término: Julho de 2017

Rua Alcindo Blumer, 267, Bairro Artemis

- Moram no local há 21 anos. Tem dois filhos, de 22 e 21 anos. Somente a filha mora com ela. Trabalha como mensalista há 10 anos (R$ 1.200,00). Conseguiu fazer quatro cômodos enquanto o marido era vivo. Construímos um cômodo, lavanderia e fizemos o acabamento da casa. O pedreiro Nicodemos foi pago pela beneficiada. Supervisão: Maria Olinda. Obra orçada em R$ 8.000,00. Gastos: R$ 4.060,64

 

09 – Jucileide de Jesus Ferreira Silva – Contrato 454

Início da Obra: Outubro de 2017

Término: Dezembro de 2017

Rua Otilia Nascimento da Silva, 55, Jardim Paraíso

- Moram no local há 16 anos. Tem três filhos, de 21,15 anos e um casado. Viúva de dois maridos. Agora vive só com os filhos. Ela trabalha em uma empresa terceirizada, (R$ 1.070,00). Recebe pensão (R$ 800,00). Enquanto o marido estava vivo, construíram três cômodos, mas não conseguiram terminar. Fizemos o telhado, o reboco, piso e construímos um banheiro. Mão de obra por mutirão de irmãos da Igreja. Supervisão: Angela. Obra orçada em R$ 15.000,00. Gastos: R$ 14.460,34

 

10 – Janaina Ferreira Tomé / Willian – Contrato 457

Início da Obra: Outubro de 2017

Término: Dezembro de 2017

Avenida Cristovão Colombo, 1669, Algodoal

- Moram no local há oito anos. Tem três filhos, de 8, 2 anos, e 7 meses. Moravam na casa da mãe, que dividia com mais cinco pessoas. A família necessitava de uma construção arejada, portanto construímos quatro cômodos em cima da garagem da mãe. A caçula foi o motivo da ajuda, pois nasceu com uma doença degenerativa (atrofia muscular espinhal tipo I). Conseguiu as doses da vacina que vai tornar possível sua cura. Os dois estão desempregados para cuidar da menina que ficou na UTI por seis meses. A casa foi adaptada para receber a menina com UTI móvel. Mão de obra voluntária. Supervisão: Maria Olinda. Obra orçada em R$ 18.000,00. Gastos: R$ 17.912,29

 

11 – Olivia Palmira Furlan – Contrato 435

Início da Obra: Janeiro de 2017

Término: Outubro de 2017

Rua José Guidolin, 118, Santo Antônio

- Moraram na Paulicéia por 50 anos, em casa herdada pela família. Os pais da Olivia, que foram cuidados por ela, faleceram, e a casa foi posta à venda. Foi obrigada pelos irmãos a sair, apesar de ter cuidado da mãe com Alzheimer e AVC, por seis anos. Afastou-se do trabalho até que a mãe faleceu, e agora voltou ao mesmo emprego (R$ 1.300,00). Tem quatro filhos, sendo que o solteiro, de 22 anos, é deficiente e freqüenta a Instituição Auma. Construímos uma casa de 4 cômodos e banheiro. Mão de obra do Micro Empreendedor Individual José Costa, paga pela Mucapp. Supervisão: Maria Olinda. Obra orçada em R$ 30.000,00. Gastos: R$ 30.380,63.

 

12 – Michele Aparecida Furlan de Freitas / João – Contrato 442

Início da Obra: Janeiro de 2017

Término: Março de 2017

Rua José Guidolin, 118, Fundos, Santo Antônio

- Moraram na Paulicéia por 4 anos. Ela não trabalha, porque cuida do irmão que é autista. A mãe mora na casa da frente, que vai ser vendida, pois é herança de família. Construímos dois cômodos e um banheiro. O marido trabalha (R$ 1.600,00). Mão de obra do Micro Empreendedor Individual José Costa, paga pela Mucapp. Supervisão: Maria Olinda. Obra orçada em R$ 15.000,00. Gastos: R$ 15.190,31.

 

 

CONTRATOS AGUARDANDO O INÍCIO DA OBRA

 

Rosemeire Amorim Buzzerio – Contrato 427

Perpetua Socorro Oliveira da Silva – Contrato 458

Maria Deniza Gomes Martins – Contrato 459

Sandra Regina da Silva – Contrato 460

Samara Cesario – Contrato 461

Aliana de Almeida Vigano – 462

Sabrina dos Santos – 463

Maria da Silva Morato - 464

ANTES

DEPOIS